16 de Abril de 2007

Tonight

She never took the train alone she hated being on her own
She always took me by the hand and say she needs me
She never wanted love to fail she always hoped that it was real
She’d look me in the eyes and say believe me
But then night becomes the day and there’s nothing left to say
If there’s nothing left to say then something’s wrong
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful and wild
And as the hands would turn with time she’d always say that she was my mine
She’d turn and lend a smile to say that she’s gone
But in a whisper she’d arrive and dance into my life
Like a music melody like a lover's song
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful and wild
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful and wild
Through the darkest night comes the brightest light
And the light that shines is deep inside
It’s who you are
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful, beautiful
Oh tonight you killed me with your smile so beautiful and wild so beautiful and wild
So beautiful and wild
So beautiful and wild

 

Hoje à noite

Ela nunca pegava o trem sozinha, ela odiava ficar por si só
Ela sempre pegava a minha mão e dizia que ela precisava de mim
Ela nunca queria que o amor falhasse, ela sempre esperava que ele fosse real
Ela me olhava nos olhos e dizia que acreditava em mim
Mas ai a noite vira dia, e não se resta nada a dizer
Se não há mais nada a se dizer, então algo está errado
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo e selvagem
E porque as mãos se afastariam com o tempo, sempre diria que era minha
Ela giraria e fingiria um sorriso para dizer que se foi
Mas com um susurro, ela chegaria e dançaria para minha vida
Como a melodia de uma música, como uma canção de amor
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo e selvagem
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo e selvagem
Atravessando a mais escura noite, aparece a mais brilhante luz
E a luz que brilha é mais mais profunda por dentro
É quem você é
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo, tão lindo
Oh esta noite você me matou com seu sorriso, tão lindo e selvagem, tão lindo e selvagem
Tão lindo e selvagem
Tão lindo e selvagem

Fonte: vagalume.uol.com.ar

publicado por ♪♫ Veriña Fernández às 20:12 link do post
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Oi pessoal,como estao?
Agora será crime hrfionfo sr um homem matar uma mu...
coisa de abom pha vcx ainda teclau aki
seu panda.kakakaka...jogox.
vai se catar
jogos tu cara es um kid k anda a interferir nos pa...
ola fofa como vai?pensei k nunca mais poderia tecl...
estupidos voce com esse teu puto...gwen nao podes ...
estupidos voce com esse teu puto...gwen nao podes ...
blogs SAPO